Monday, January 30, 2012

Traduzido do chinês

Estes, meus senhores, destruíram-se a si próprios:
nós só viémos reparar a imensa avaria
que eles deixaram na máquina do mundo.
Fomos gananciosos, sim, porque esse é o motor da História.
Mas conservámos os livros, restaurámos os monumentos,
tratámo-los melhor
do que eles nos fizeram no longínquo século XIX.
Eles obrigaram-nos a comprar ópio,
nós só comprámos as fábricas deles.

"Europa", poema chinês do ano de 2052

11 comments:

  1. Europa em 2052?
    Só mesmo chinês para acreditar...que pela sua mão ela ainda exista nessa altura. Talvez Chinopa!

    ReplyDelete
  2. ou eulopazinha...

    ou aquela valanda para o lesto do mundo
    ou como eles diziam a malquize...
    ou aquele shopsoi de laças esquisitas que estão a fical mais pequenos e com olhinhos palecidos com os nossos.
    Tão quelidos!!!Ih ih ih ih...

    ReplyDelete
  3. Bem se achei o poema surreal, os comentários fizeram-me mesmo rir, haja um "sentido" humor.

    ReplyDelete
  4. Maria do Céu BarrosFebruary 1, 2012 at 12:24 PM

    Poema: nota máxima
    Comentários: nota máxima

    Tanta gente inteligente que nasceu aqui
    neste "contentor"
    Que lixo e que luxo.

    ReplyDelete
  5. Blinquem, blinquem, mas o chines vai sel a lingua oficial. E se não falalem a língua não selão poetas!

    ReplyDelete
  6. É pu lhessas e pu lhotlas cala Helena quê xa complei uma maquina de costula...achim, como achim posso semple alanjale tlabalho <; )

    ReplyDelete
  7. Julinha
    Eu penso cozinhal chop soi pala a familia, dada a clise...
    Nem o filio ministlo me salva deste apelto!

    ReplyDelete
  8. Senhol Alipio
    Nem o senhol pensava quando escleveu este post, que ilia tel tantos comentálios!

    ReplyDelete
  9. ...poltalam-se tão mal tão mal que tivémos de lhes coltal a luz. Ih ih a luz ela nossa.
    Bem feita.
    Tudo às esculas!!!

    ReplyDelete
  10. respeitinho, meninas e meninos, respeitinho!
    do alto daqueles ellles, com que macaqueiam a língua chinesa, 60 séculos de cultura nos contemplam.
    brrr

    ReplyDelete
  11. Caro anónimo

    Será que estamos a "macaquear" a língua deles ou a "nossa europeia decadência"???

    ReplyDelete