Friday, September 2, 2011

Um Tango


"es el Verbo hecho tango"
(Jaime Gil de Biedma)

Porque haveremos de voltar sempre
à terra de onde vimos,
porque nos destinaram à pobreza
e nos pregam moral, ainda por cima
(por favor, batam-nos, mas ao menos calem-se!),
porque o rosto dos homens está usado
e a beleza das mulheres se tornou desatenta,
porque circula o ar gelado do nosso descontentamento
e alguns ainda andam a roubar as pratas do "Titanic"
em vez de fugir para as baleeiras

por tudo isso a única solução, como dizia Manuel Bandeira,
é tocar um tango argentino.

5 comments:

  1. C'est notre destin
    cher Tim Tim
    Si je savais dancer
    un tango argentin
    je serais partie
    depuis longtemps

    Ravie de vous savoir de retour!
    Helena Oneto

    ReplyDelete
  2. Meu estimado Alcipe
    Hoje nada me daria mais prazer que dançar um tango argentino!

    ReplyDelete
  3. Para as duas Helenas:

    INESPERADO TANGO

    Olhar-te
    e ver crescer um fogo nos teus olhos
    enquanto serpenteias no meu corpo
    lutar
    sentir
    amar
    rodopiar
    trair
    sempre em movimento
    e
    um resto de mim a resistir
    e outro resto de mim a deixar-se ir

    e a música comanda
    o sentimento
    e a luta que prossegue
    é guerra aberta
    desenho no chão com o salto do sapato
    a indecisão da vida
    da vida ao desbarato
    talvez não seja nada
    talvez seja paixão
    sinto-me tonta
    vermelho e negro
    só vejo
    vermelho e negro

    depois deste cansaço
    sei lá o que se segue
    que seja o céu a decidir

    e a alma a deixar-se ir e a alma a deixar-se ir...

    ReplyDelete
  4. Helena Sacadura CabralSeptember 4, 2011 at 11:43 PM

    Deliciosa ERA UMA VEZ
    Almas gémeas virtuais. Também eu arranhei umas estrofes no meu "Coisas que...".
    Mas os seus são muito mais bonitos!
    Adoro essa da "alma a deixar-se ir", a que acrescento
    "... e o corpo a decidir!"

    ReplyDelete
  5. Cara Helena

    Temos mais umas coisitas em comum, um dia, quem sabe, falaremos disso...
    Quanto ao nosso tango " a quatro" foi muito divertido.

    Não consigo "comentar" no seu outro blogue.
    Gosto muito dos seus poemas, particularmente aquele recente "das mãos"
    Tem algo de cinema. Conta uma história.

    É um lugar intimista, cheira a chá e a scones, a alfazema e a livros, não sente?

    ReplyDelete