Sunday, July 31, 2016

Em Ítaca


Ce qui vient au monde pour ne rien troubler ne mérite ni égards ni patience
(René Char)


O regresso a Ítaca foi muito diferente do que esperava o outro Ulisses.
Ele preparara-se, é certo, para as astúcias dos pretendentes,
mas em muito mudara o Reino de Ítaca
e por isso a primeira coisa que fez foi aprender.

O cão Argos era fiel e discreto,
mas riam-se daquele homem 
que à ilha arribara em tão avançada idade.
Uma mulher, que lavava anáguas no mar,
perguntou chocarreira "Quem és tu? Que rosto
nos mostras, que propósito nos trazes? São as tuas palavras mornas
ou ardentes? São de fogo ou de cinza?"

Mas Ulisses era o dos mil ardis.
E assim o inspire o verso e a malícia.